fabrica de tv

Quando comentei sobre o Futuro da TV para os Consumidores, disse que no futuro a TV transmitida pela internet ia prevalecer. Considerando que isso irá acontecer, qual o impacto desta mudança para os fabricantes de TV?

Antigamente a gente comprava uma TV pra durar uns 10 anos, mas os fabricantes de TV ao ver o que acontecia com os celulares, ficaram com inveja e passaram a inventar um monte de tecnologias para nos fazer comprar novas TVs a cada ano. É tela plana, plasma, lcd, led, oled, tv digital, 3d, 4k, 8k e não podemos esquecer da Smart TV.

A Smart TV é a TV conectada na internet. Se minha TV está na internet, então além de usa-la como TV, vou também acessar a web, conversar com amigos no Facebook, postar no Twitter, etc. Essa era a ideia, mas não deu certo. As pessoas querem usar suas TVs para ver TV. Claro que cada vez mais pessoas estão acessando a internet enquanto assistem seus programas preferidos, mas o fazem em seus smartphones, tablets ou notebooks.

Junte-se a isso o fato que até a antena de TV está se tornando obsoleta. Eu mesmo acabei de notar que já faz 5 anos que não ligo a antena coletiva em minha TV. Todos os canais, inclusive os canais abertos que assisto eu vejo a partir do set-top box da NET (antes era Sky). Resumindo, NAO PRECISAMOS DE SMART TVs, precisamos tão somente de um monitor.

Um monitor full hd, com entrada hdmi de 40 polegadas resolve todos os nossos problemas, mas já tentou procurar? É pé de cobra, e quando você achar, vai custar mais caro do que a TV. Os fabricantes vão resistir enquanto puderem. Com um monitor deste, quantos anos vamos ficar sem comprar novas “TVs”? Mesmo assim acho que é uma questão de tempo, quando as pessoas descobrirem que não precisam de Smart TVs, a pressão vai fazer com que eles nos vendam os monitores que precisamos. No futuro, a TV será apenas um display, as imagens serão geradas a partir dos set-top boxes. Aliás, eu falei set-top box? Também penso que estão com os dias contados.

Com a TV vindo através da internet e com banda larga móvel de qualidade, o set-top box deixa de fazer sentido. Pra que ficar escravo de um aparelho em casa quando posso acessar tudo que tenho direito a partir de um dispositivo que está no meu bolso? Isso mesmo, o smartphone substituirá o set-top box. Onde eu estiver, basta conectar (sem fio por favor) com um monitor e assistir onde eu quiser, na hora que eu quiser, o programa que eu quiser (e que paguei para assistir). Considerando este cenário, porque diabos a Apple está investindo na criação de uma TV.

Depois de ter dito que o Facebook não vai fazer um smartphone, me permitam um atrevimento maior, a Apple não vai fazer TV (Jean-Louis Gassée também acha). Não faz sentido se esforçar para criar um monitor que será commodity. Acredito que a Apple investirá cada vez mais no seu set-top box, o Apple TV, incluindo a possibilidade de criar aplicações. Neste caso, a turma do XBox que se cuide