Há algum tempo atrás, um amigo meu (Samuel) me disse que quando estava aprendendo algo novo (um framework ou uma nova linguagem) ele preferia usar o notepad ao invés de uma IDE. Naquele momento eu não dei muita importância, e ainda disse que era frescura, que usar uma IDE era bem melhor. Na hora eu não me dei conta, mas hoje vejo que eu já estava com IDE-dependência aguda.

Estou estudando Scala, e a primeira coisa que procurei para começar o estudo foi uma IDE para começar a dar meus primeiros passos. O problema é que não existe ainda nenhuma IDE que seja boa o suficiente para Scala. Primeiro tentei o Eclipse, mas o plugin está incrivelmente instável, não deveria ser nem disponibilizado para download. O Netbeans não está muito a frente e o IDEA é o melhorzinho, porém com muitos bugs também. Resultado, fiquei com o IDEA e comecei a trabalhar. Por conta dos problemas e dificuldades em pouco tempo eu travei. Perdi a paciência por usar uma ferramenta com tantos problemas e parei os meus estudos práticos.

E agora? Vou ter que esperar meses (ou anos) para que alguém desenvolva uma IDE boa o suficiente? E quando não existia ferramentas com esse nível de recursos? Como a gente se virava?

turbo c

Quando eu comecei a trabalhar, usava Turbo C 2.0. Alguém se lembra? Não tinha syntax highlight, abria apenas um arquivo por vez e code assist nem pensar. Tinha copy and paste e lamba os beiços. E que saber? Era uma ferramenta muito boa. Era boa e produtiva pela simples razão que EU SABIA O QUE ESTAVA FAZENDO.

As ferramentas de hoje em dia são tão sofisticadas, tem tantos recursos e facilidades, que criaram uma geração de programadores que são absolutamente dependentes delas. Programadores que não são capazes de saber que método de uma determinada classe ele precisa chamar. Se não tiver um code assist eles simplesmente não sabem o que fazer (muitos não sabem nem com o uso do code assist).

code assist

Precisamos abandonar um pouco nossas IDEs. Precisamos (re)aprender as linguagens e frameworks sem o uso dessas facilidades. Só quando finalmente estivermos seguros sobre o nosso conhecimento é que estamos autorizados a usar as IDEs. Bye bye IDEA, seja bem vindo o Notepad. Agora finalmente vou APRENDER Scala. Depois de um momento de negação estou finalmente me curando da IDE-dependência. Samuel, você estava CERTO!