resfriado Um de nossos maiores clientes solicitou que houvesse um repasse de conhecimento sobre scrum. E lá fui eu para Brasília com meu treinamento scrum de 8 horas. Estive em Brasília poucas vezes, mas desta vez pude presenciar um fato histórico: na terça (28/10/08) foi dia mais quente da história. Que sorte :) Aqui em Recife faz calor, mas pelo menos temos um ventinho… lá foi diferente… nem uma brisa… foi duro de aguentar… Foi difícil também ter que ministrar este treinamento para 4 turmas (foram 72 pessoas ao todo) em 4 dias consecutivos com esse calor e gripado. Foi um teste de resistência… Mas deixando isso de lado, vamos as lições que aprendi dessa aventura:

  1. Cada turma é diferente. Eu estava acostumado a treinar o pessoal aqui da empresa, onde é tudo mais homogêneo. O ambiente e as conversas do dia a dia fazem com que não tenha muita novidade e voce já possa antecipar as polêmicas. Lá foi muito diferente. Cada turma era composta de pessoas com perfis diferentes, ocupando cargos diferentes, trabalhando em departamentos diferentes… Tive que me virar. Cada dia o pessoal debatia e criavam polêmicas diferentes, e eu tinha que ajustar o treinamento a todo momento. Acho que quando alguém de uma turma for conversar com outro de outra turma, vão achar que assistiram treinamentos diferentes… hahaha… No final, deu tudo muito certo e acho que a mensagem foi bem passada e assimilada. Foi uma experiencia fascinante.

  2. Não existe exame anti-doping para instrutores. Ainda bem… estava lá a base de vitaminas, analgésicos, antitérmicos, antinflamatórios, anti-isso, anti-aquilo… se houvesse anti-doping eu ia ser suspenso.

  3. Conversei com algumas pessoas em cargo de chefia, que não são necessariamente da área, que me diziam que tinha alguma coisa muito errada em passar mais de 1 ano levantando e detalhando requisitos e na hora de implementar ainda surgem dúvidas e modificações toda hora. Preciso acrescentar alguma coisa?

  4. Muitas pessoas que não conhecem, acham que scrum é uma coisa muito exótica, algo que pode ser usado para brincadeiras mas não para projetos sérios… temos que estar preparados para dar a informação correta e completa, para que a ficha caia.

  5. Nada supera exemplos reais, especialmente exemplos conhecidos pela audiência. Como trabalhamos para esse cliente há algum tempo, e temos alguns projetos onde só fazemos a implementação do sistema (CASCATA PURA), pude citar exemplos reais, que eles viveram e conhecem muito bem. Claro que neste processo você vai criticar a forma que eles conduzem seus projetos, mas não devemos ter medo de ferir seus sentimentos. Estamos tentando fazer o melhor.

  6. Para todo problema existe solução. Muitas pessoas passam a vida toda criando obstáculos para evitar a mudança. Nossa missão é removê-los.

  7. Com certeza aprendi outras coisas, mas agora já escrevi demais… Até a próxima!